sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Encerrar com chave de ouro: FERNANDO NORONHA

O Verão passou..inteirinho! E agora, enquanto a luz de Outono invade a minha sala, apetece recordar as férias que foram há já 5 meses (cliché...mas o tempo voa mesmo!). Recordar a nossa última paragem por terras brasileiras, numa ilha verde, cortada por uma única estrada que liga as pontas da ilha, onde pedir boleia não custa, nem é perigoso (quase custa a acreditar que estávamos no Brasil!!). Foi um privilégio poder ir e ver uma natureza "quase" em estado puro. Tudo se paga: os voos para lá são caros, as pousadas (do mais simples e básico, sem, no entanto, descurar a limpeza!) são caras, os restaurantes, os supermercados são caros...por cada dia de permanência naquela ilha é paga uma taxa e mais uma taxa se paga para se poder circular na ilha e aceder a algumas das mais belas praias e outra taxa ainda só por entrar na ilha! Tudo se paga...e apesar de se notar uma grande protecção ambiental as estruturas básicas poderiam estar mais cuidadas: as casas podiam ter uma melhor apresentação, os acessos a essas mesmas casas também...! Mas foi ÚNICO e voltava hoje mesmo a FERNANDO NORONHA!!
Uma hora de voo desde a feia e caótica cidade de Recife e chegamos a Noronha. Vamos até a uma das praias urbanas, uma das poucas acessível a pé. O luso fusco chegava e essa luz de fim tarde ainda emprestou mais magia ao cenário: surfistas num mar morno, lado a lado, com vários mergulhões que num voo picado capturavam o jantar :), uma música boa como pano de fundo e o maravilhoso som do mar! Foi uma óptima forma de se apresentar esta que a ilha teve...
Com um dia de passeio por toda a ilha conseguimos conhecê-la, ver tartarugas e um pequeno tubarão, mesmo por baixo de nós!!! Reservámos o último dia para andarmos à vontade, sozinhos e voltámos à baía do Sancho, esperámos para ver golfinhos, caminhámos e pedimos boleia, assistimos a uma palestra sobre as tartarugas, super protegidas pelo Projecto TAMAR...e na última manhã tivemos a "honra" de ver o processo de marcação de tartarugas...!
Chegada a Noronha

Baía do Sancho



Morro Dois Irmão, também conhecido por Fafá de Belém ;)

Mabuya

Praia Cacimba do Padre

Mar de Fora

Pôr do Sol sob protecção (tal era o número de mosquitos)


Pôr do Sol Bar do Cachorro

Bar do Cachorro

Suspiro...

Marcação de tartaruga
 Optámos por um pacote que incluía viagem e alojamento pois ficava mais barato do que comprar as coisas em separado. O ideal é procurar na Internet...pois os preços variam bastante...
Não há muitas opções de restaurantes mas os que existem servem as necessidades. Porém, nem pratos, nem preços são muito variados...
A recordar: cada dia a mais na ilha implica um crescer de despesas...achámos que 2 dias e meio são suficientes para conhecer a ilha...para desfrutar da ilha...hmmm...pois...1 mês :)...

Encerrámos as nossas férias no Paraíso e por agora, durante uns tempos, as nossas viagens vão ser outras... :) :) :) há muitas formas de viajar e esta viagem que estamos prestes a começar é unicamente especial :)!!!


2 comentários:

Paulo Hung disse...

BRUTALLLLLLLLLL

Mel disse...

Parabéns por essa nova viagem... ;)